segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Novas terras!

Navegas nesta cândura limiar,
em névoa te faz espiar,
na busca de uma terra
que desejas aportar.

Pisa com firmeza
em novo dia sem acabar,
reluta com o passado de lá,
te renovas com um novo olhar.

*Para Dani e Mara, que navegam novos mares

(Texto: Andréa Zílio)

4 comentários:

Anônimo disse...

Beijos e felicidades para Mara! Adorei o texto. A tua sensibilidade é linda,
menina-grande! Beijão. Dani.

Adaildo Neto disse...

navegar é preciso.
Terra a vista.
aportar.


tudo por aqui parece estar conectado, mas sem a necessidade de ser... ao mesmo tempo tão simples, e tão sincero.

PITTER LUCENA disse...

Muito lindo seu blog. Grande abraço.

Claudinha Bártholo disse...

Lindo Zílo...
UM BEIJOOOO
TE AMO...
e madonna lá vamos nós.