quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Olhos!

Tua capacidade de brilhar depois de viajar
em uma sombra de abismo.
A motivação diante da alegria que te fazes
soltar a água salgada da emoção.
Tu, quando abaixas tua imponência,
fazes de tua morada um lugar triste.
Mas também sabes te encantar, nesse instante,
mostrar teu brilho com magia, soberania.
Te colorir, fantasiar, é tarefa fácil quando sabes amar.
Ao respeitar teu lar, te perguntas, te encontras,
te animas do que vistes e te empolga com o que queres ou vais ver.
E assim segue teu destino, com o que sabes fazer: OLHAR

(Texto Andréa Zílio / Foto: Sérgio Vale)

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse Espaço está Aberto para o belo: cores,alegria,intensidade, força, sabedoria, emoção, paixão, gentileza, respeito, dignidade, amor, lealdade, mistério, fantasia,Fé, esperança, sonhos, atitude, desejos,paz.E o belo é tudo o que se aproxima do que és: Majestosa! Soberana! Adorei as novas fotos, textos e sentimentos. Essa foto do rímel é Óxum. Kereô,mamãe! Te amo, branquinha. Cheiros&saudades. Dandan.

michelle disse...

Maninha, lindo o que vc escreveu!!!
Tão pepenininha mais pensa e age como gente grande, êta orgulho de ser sua amiga!
Bjs

Adaildo Neto disse...

essa poesia lembra a letra de um grupo chamado Keane, somewhere only you know... Talvez, seja só impressão minha...


Espelho, espelho meu. Existe alguem mais bonita do que eu?