segunda-feira, 26 de julho de 2010

Ela...vc... mulher!

Palavras ao vento, rabiscos secretos,
cores em novos tons... saindo do casulo, desperta...
sacia tua sede de mulher, na voracidade reencontra teu íntimo.
Desperta os desejos mais raros,vestidos em lençol de seda vermelho.
Dos sabores, o amargo é esquecido, o doce se perpetua nas lembranças.
Se faz fênix, reconstrói em ruínas, decora com sutileza... apresenta tua verve.
Inebria esse espaço, aguça teus sentidos, recria o toque, despertando da timidez sem perder a doçura de quem alimenta uma alma jovem, por vezes criança, mas sempre... mulher!

*À todas as mulheres, que estão sempre se reiventando!

(Texto: A.Z / Foto: arquivo pessoal)

2 comentários:

Cau Bartholo disse...

Há um tempo sou tudo o que descreveu nesse texto... e vamos sempre nos transformando pra buscar o melhor e o pior de nós, preferível buscar o melhor não é?
beijos te amo, saudade.

Juliana Matias disse...

você escreve muito bem, por isto estás de parabéns!

Já haviam me falado que seu blogger era muito bom, mas só agora resolvi passar para dá um olhada.
Estou te seguindo :D